Home Itapagipe Instalação de escultura de Irmã Dulce abre homenagens em memória aos 25 anos de sua morte

Instalação de escultura de Irmã Dulce abre homenagens em memória aos 25 anos de sua morte

6 min read
Comentários desativados em Instalação de escultura de Irmã Dulce abre homenagens em memória aos 25 anos de sua morte
0
120

A escultura foi apresentada na última sexta-feira (6), às 18h, durante solenidade em frente ao Memorial Irmã Dulce, em Salvador

Captura de tela inteira 09012017 135141.bmp.jpgAs Obras Sociais Irmã Dulce (OSID), assim como fiéis, devotos e demais admiradores da vida e obra da freira baiana ganharam na última sexta-feira (dia 6), a instalação de uma escultura de Irmã Dulce no alto da sede de sua instituição, no Largo de Roma, em Salvador. A cerimônia, que aconteceu nesta sexta, às 18h, no estacionamento Abaeté 1, localizado em frente ao Memorial Irmã Dulce, abriu oficialmente o calendário de homenagens de 2017 em memória aos 25 anos de falecimento da religiosa. A imagem conta com quatro metros de altura e pesa meia tonelada foi instalada em um dos pontos mais altos da Cidade Baixa, podendo ser vista de bairros como a Liberdade e Santo Antônio Além do Carmo e durante a travessia Ilha de Itaparica-Salvador.

Criada pelo artista plástico Zaca Oliveira, para um presépio da Arquidiocese de Salvador montado no Centro Administrativo da Bahia (CAB), após a desmontagem a imagem foi doada às Obras Sociais Irmã Dulce. Produzida em 2012, a escultura leva fibra e materiais de modelagem, como carpete, madeira e arame, e recebeu um reforço em sua estrutura para suportar a ação do tempo. “Para ficar mais resistente, ela ganhou peças de metal e um enchimento com fibra e espuma”, explica o gestor de Infraestrutura da OSID e idealizador da iniciativa de instalação da imagem, o engenheiro Jorge Eduardo.

Segundo o capelão da OSID, frei Mário Erky, a instalação da escultura sobre a instituição fundada pela Mãe dos Pobres, e em pleno dia em que a Igreja Católica celebra a Festa de Reis, guarda um significado bastante especial: “A Festa de Reis está associada à estrela que guiou os Reis Magos e ter a imagem de Irmã Dulce sobre a sua Obra significa que ela está abençoando e velando os seus filhos. Em qualquer direção que olharmos, vamos sentir ainda mais forte a sua presença. É um presente para todos nós”, finaliza.

Turismo religioso: Para o assessor de Memória e Cultura das Obras Sociais, Osvaldo Gouveia, a escultura chega também como mais uma atração para a região da Península Itapagipana, já conhecida pela beleza e quantidade de monumentos históricos e religiosos. “A instalação da imagem de Irmã Dulce no alto de sua obra tem um significado muito grande e isto vai atrair ainda mais turistas para a Cidade Baixa”, destacou o assessor.

Sobre as Obras Sociais Irmã Dulce: Entidade filantrópica sem fins lucrativos, as Obras Sociais Irmã Dulce (OSID) são uma espécie de ‘holding social’ constituída por 21 núcleos que prestam assistência à população de baixa renda nas áreas de saúde, assistência social e educação, dedicando-se ainda à pesquisa científica, ensino médico, preservação e difusão da história de Irmã Dulce e gestão de unidades públicas de saúde.

Hoje, a OSID é considerada pelo Ministério da Saúde um dos maiores complexos de atendimento 100% SUS do país, com 4,5 milhões de atendimentos ambulatoriais por ano a idosos, pessoas com deficiência, pacientes sociais, crianças e adolescentes em situação de risco social, dependentes de substâncias psicoativas e pessoas em situação de rua. Em sua sede, em Salvador, são atendidas diariamente cerca de 2 mil pessoas e realizados por ano 9,3 mil cirurgias e 16,5 mil internamentos. Somente na capital baiana, a instituição conta com mais de 2 mil funcionários, além de 320 médicos e 125 voluntários.

 

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar Mais Por Redação
Carregar mais em Itapagipe
Comentários fechado.

Vejam também

Clubes de remo de Salvador recebem barcos da Sudesb

Clubes de remo de Salvador receberam, neste domingo, 25, quatro barcos lambaris, nome atri…