Home Notícias Mendes pede vista e julgamento sobre réu em linha sucessória é adiado

Mendes pede vista e julgamento sobre réu em linha sucessória é adiado

2 min read
Comentários desativados em Mendes pede vista e julgamento sobre réu em linha sucessória é adiado
0
179

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes pediu vista – que significa pedir mais tempo para analisar o caso – nesta quarta-feira (1º) do processo que pode impedir réus de ocupar as presidências da Câmara dos Deputados e do Senado, cargos que estão na linha sucessória da Presidência da República.

Até então, o placar do julgamento está em cinco votos a favor do impedimento total de réus para ocupar a presidência das duas Casas do Congresso e a Presidência da República. Três ministros (Celso de Mello, Dias Toffoli e Ricardo Lewandowski) votaram apenas pelo impedimento para ocupar a Presidência da República interinamente.

A Corte julga a ação na qual a Rede pede que o Supremo declare que réus não podem fazer parte da linha sucessória da Presidência da República. A ação foi protocolada pelo partido em maio, quando o então presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), tornou-se réu em um processo que tramitava no STF.
O primeiro pedido de vista foi feito pelo ministro Dias Toffoli no dia 3 de novembro, mas a questão foi julgada liminarmente quando a Corte decidiu manter o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), no cargo ao julgar uma decisão provisória proferida pelo ministro Marco Aurélio, que não esperou a devolução do pedido de vista para determinar o afastamento.

 

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar Mais Por Redação
Carregar mais em Notícias
Comentários fechado.

Vejam também

Clubes de remo de Salvador recebem barcos da Sudesb

Clubes de remo de Salvador receberam, neste domingo, 25, quatro barcos lambaris, nome atri…