Home Cultura Salvador é o primeiro município brasileiro a ganhar o título “Cidade da Música” pela Unesco

Salvador é o primeiro município brasileiro a ganhar o título “Cidade da Música” pela Unesco

2 min read
Comentários desativados em Salvador é o primeiro município brasileiro a ganhar o título “Cidade da Música” pela Unesco
0
11

Nesta sexta-feira (11), a Unesco (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura) reconheceu a vocação musical da capital baiana, sendo que Salvador é o primeiro município brasileiro a receber o título “Cidade da Música”.

O título está inserido na Rede Cidades Criativas da entidade, que tem como objetivo promover a cooperação internacional entre cidades comprometidas em investir na criatividade como uma propulsão para o desenvolvimento urbano sustentável, a inclusão social e aumento da influência da cultura no mundo. A Rede engloba sete áreas temáticas: Artesanato e Artes Folclóricas, Design, Filme, Gastronomia, Literatura, Artes Midiáticas e Música.

De acordo com o prefeito ACM Neto, a notícia da escolha de Salvador como “Cidade da Música” chegou em um momento muito especial, pois estão sendo colhidos os frutos do trabalho de transformação da capital.

Agora, a poucos dias do Réveillon e do Carnaval, eventos essencialmente musicais, nada melhor do que sermos contemplados com o título por uma entidade tão importante como a Unesco. Os cantores, instrumentistas, compositores e todos que estão envolvidos com a música merecem este título porque levam a nossa história e cultura para o mundo.

Segundo o gestor do Escritório Salvador Cidade Global, a escolha contribuirá ainda mais para o fortalecimento da cultura local, promoção internacional e incremento do desenvolvimento humano, social e cultural que já são impulsionados pela música na cidade.

 

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar Mais Por Redação
Carregar mais em Cultura
Comentários fechado.

Vejam também

Clubes de remo de Salvador recebem barcos da Sudesb

Clubes de remo de Salvador receberam, neste domingo, 25, quatro barcos lambaris, nome atri…