Home Justiça Acusado de assassinar Mestre Moa do Katendê vai a júri popular

Acusado de assassinar Mestre Moa do Katendê vai a júri popular

2 min read
Comentários desativados em Acusado de assassinar Mestre Moa do Katendê vai a júri popular
0
78

A Justiça baiana decidiu levar o barbeiro Paulo Sérgio Ferreira a júri popular. Ele é acusado de assassinar a facadas o mestre de capoeira e um dos criadores do bloco de afoxé Badauê, Moa do Katendê, que tinha 63 anos. O crime aconteceu  após uma discussão motivada por questões politicas em um bar no Engenho Velho de Brotas, na noite de 7 de outubro de 2018, data do primeiro turno da eleição. O primo de Moa, Germínio do Amor Divino, também foi atingido por golpes de faca no braço direito.

O barbeiro foi denunciado pelo Ministério Público pelos crimes de homicídio qualificado e tentativa de homicídio. De acordo com informações do jornal Correio, a decisão de levar o julgamento a júri popular é do dia 25 de março e foi confirmada após a Defensoria Pública (DPE), que faz a defesa do acusado, ter optado não recorrer da decisão. Ainda não há previsão de quando será a data do julgamento.

Paulo Sérgio foi preso em flagrante e segue detido no Complexo Penitenciário da Mata Escura. Em fevereiro, após audiência de instrução, a DPE pediu a soltura do barbeiro, que foi negada pela justiça.

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar Mais Por Pedro Silveira Leite
Carregar mais em Justiça
Comentários fechado.

Vejam também

Roger lamenta ausência de Gregore contra o Goiás: “Tem nível para ser lembrado na Seleção”

O treinador Roger Machado ainda sofre para achar um substituo no meio-campo para o volante…