Home Destaque do Dia Bolsonaro assume o papel de defensor da reforma da Previdência e mercados reagem

Bolsonaro assume o papel de defensor da reforma da Previdência e mercados reagem

3 min read
0
0
0

Pelo segundo dia consecutivo, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) defendeu a reforma da Previdência e deu algum ânimo a investidores, que andavam inconformados com a discrição dele sobre o tema.
O resultado ajudou a apagar o pior da semana mais curta do mercado, que além disso vinha sofrendo com a piora no cenário global.

A Bolsa brasileira avançou 1,08%, a primeira alta acima de 1% desde o dia 19 de fevereiro, véspera da apresentação do projeto para mudanças nas aposentadorias. O Ibovespa, principal índice acionário do país, encerrou cotado a 95.364 pontos.

A alta ocorreu mesmo após um novo indicador que pressionou o mercado americano, dados piores que o esperado de geração de postos de trabalho. Por lá, as Bolsas fecharam no vermelho. O dólar, que chegou superar os R$ 3,90 no começo do pregão, inverteu o sinal e terminou o dia a R$ 3,8720, com queda de 0,36%.

“O mercado ainda está receoso com relação à Previdência, o que deixa o mercado mais nervoso é que o governo está mostrando que não está muito focado na reforma, está se deixando levar por outros assuntos políticos, meio eleitorais”, afirmou um operador de uma instituição financeira à agência de notícias Reuters.

Nesta sexta-feira (8), o presidente Jair Bolsonaro disse que a aprovação da Previdência no Congresso não pode levar um ano, ressaltando que é necessário aprová-la no primeiro semestre. Participantes do mercado, no entanto, já trabalham com a expectativa de que a tramitação será concluída apenas no segundo semestre.

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse que marcou para a próxima quarta-feira (13) a instalação da CCJ (Comissão de Constituição e Justiça), que estava prevista para antes do Carnaval.
Maia também cobrou o envio do projeto de aposentadoria para os militares, afirmando que ele só será votado após a aprovação da PEC.

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar Mais Por Pedro Silveira Leite
Carregar mais em Destaque do Dia
Comentários fechado.

Vejam também

Governo prepara projeto para cobrar dívida com INSS

O governo Jair Bolsonaro (PSL) pretende encaminhar “nos próximos dias” projeto…