Home Itapagipe Bonfim ganha monumento pelo fim da intolerância religiosa

Bonfim ganha monumento pelo fim da intolerância religiosa

3 min read
Comentários desativados em Bonfim ganha monumento pelo fim da intolerância religiosa
0
172

O monumento foi instalado em frente à Basílica, e cada letra tem 1,20 metro de altura e 27 centímetros de profundidade. A obra foi produzida pelo artista plástico Ito Pedreira e confeccionada em dois dias. O material usado foi isopor, e símbolos religiosos foram gravados em cada uma das letras fazendo referência ao cristianismo, candomblé e judaísmo, entre outras crenças. Esse detalhe também foi um pedido da Igreja.

“A inspiração veio de todo esse problema que estamos enfrentando, uma questão mundial, onde há essa diversidade [de religiões], e em que essa diversidade provoca desentendimentos e preconceitos. O objetivo é a união das religiões, porque a função principal que cada uma delas busca é o bem comum, o bem-estar da humanidade, então, o que precisamos é nos unir”.

O monumento inaugurado nesta sexta-feira ficará à disposição do público na porta da igreja até o fim da quaresma, em 3 de abril. O padre ainda não decidiu o que fará com a obra após esse período.

Segundo a Lei 9.459/ 1997, praticar, induzir ou incitar a discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional é crime, com pena de reclusão de um a três anos e multa. O atendimento presencial foi suspenso no Centro de Referência de Combate ao Racismo e à Intolerância Religiosa Nelson Mandela, em função do decreto de interrompeu atividades não essenciais, mas está sendo realizado de forma remota. A unidade oferece atendimento e acolhimento gratuitos para as vítimas.

Confira como denunciar:

Telefone: (71) 3117-7448/7447
E-mail: cr.racismo@sepromi.ba.gov.br

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar Mais Por Redação
Carregar mais em Itapagipe
Comentários fechado.

Vejam também

Covid-19: Bahia registra menor número de mortes em 24h do ano neste domingo

A Bahia registrou 24 mortes e 1.906 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas, de acord…