Home Entretenimento Cultura Doações para reconstrução de Notre-Dame somam US$ 900 milhões

Doações para reconstrução de Notre-Dame somam US$ 900 milhões

3 min read
Comentários desativados em Doações para reconstrução de Notre-Dame somam US$ 900 milhões
0
343

Doações estão sendo feitas em todo o mundo visando reconstruir a Catedral de Notre-Dame, em Paris, que foi seriamente danificada por um incêndio. Segundo a imprensa francesa, já foram arrecadados 900 milhões de dólares.

O incêndio – ocorrido na segunda-feira, dia 15 –  devastou a estrutura histórica, destruindo a torre e de dois terços do teto. Empresas da França são líderes em contribuições para os esforços de captação de recursos. Um conglomerado de produtos de luxo, o fundador de uma grande empresa de cosméticos e uma petroleira, entre outros, se comprometeram a fazer doações substanciais.

Tecnologia da informação
Universidades e uma gigante de tecnologia da informação dos Estados Unidos também contribuíram. Mais de 1.500 pessoas em 50 países também efetuaram doações no valor de 80 mil dólares até o momento em um site de arrecadação na internet aprovado por autoridades francesas.

O presidente da França, Emmanuel Macron, se comprometeu a reconstruir a catedral em cinco anos, quando Paris sediará os Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Verão. Macron estimou que serão necessários 850 milhões de dólares para a reconstrução. No entanto, ainda não está claro quanto tempo vai levar para reconstruir Notre-Dame. De acordo com especialistas, o trabalho pode levar décadas.

Opinião.
Engraçado como a humanidade se comporta.

Milhões morrem por não terem 1 centavo para comer ou comprar um medicamento, pessoas ficam desabrigadas… Ninguém se mobiliza.
Daí..
Pegou fogo numa fuleragi véa dessa. 900 MILHÕES DE DOLARES.
AAAH VAAAA !!

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar Mais Por Pedro Silveira Leite
Carregar mais em Cultura
Comentários fechado.

Vejam também

MAB recebe debate sobre feminismo negro

Uma mesa de reflexões será realizada no Museu de Arte da Bahia (MAB), no próximo dia 24 (q…