Home Esportes Esporte Clube Bahia Élber analisa momento do Vitória e fala sobre chegada do ônibus ao Barradão: “É sempre difícil”

Élber analisa momento do Vitória e fala sobre chegada do ônibus ao Barradão: “É sempre difícil”

4 min read
0
0
0

Após o triunfo sobre a Chapecoense, o elenco do Bahia se reapresentou na tarde desta terça-feira (06), no Fazendão. Antes do treinamento, o autor do único gol da partida, o atacante Élber, falou sobre o bom momento que tem vivido nas últimas rodadas, com assistências e gols importantes.

“Acho que desde o começo do ano, nas primeiras entrevistas, eu dei falei que não era aquele jogador que fazia bastante gols, mas sempre deixava uns ali. Acho que estou num momento bom, não só de assistências, mas também de gols. Nos últimos 10 jogos já foram três gols e duas assistências, então espero continuar assim, poder estar sempre marcando para estar sempre ajudando o Bahia a sair com os três pontos”, afirmou.

Já visando o clássico BaVi do próximo domingo, Élber analisou o momento complicado que vive o rival Vitória, que inclusive acabou demitindo o seu treinador. Apesar disso, o atacante tricolor afirmou que isso não deve influenciar dentro de campo.

“De jeito nenhum. Acho que vai ser um grande jogo. Sabemos que a equipe deles não vem atravessando um bom momento, mas a gente sabe como é clássico, se resolve nos mínimos detalhes. Vamos estar jogando na casa deles, que é sempre complicado jogar lá. Nossa equipe vai estar preparada, ciente daquilo que a gente tem que fazer para chegar lá e conquistar o triunfo. Sabemos que não vai ser um jogo fácil, apesar do momento difícil em que eles se encontram. Mas esperamos que eles continuem assim e a gente possa continuar crescendo no campeonato”, declarou.

Por fim, o camisa 7 também falou sobre a chegada ao Barradão, já que na partida da final do Estadual, o ônibus tricolor foi apedrejado por vândalos que estavam no meio da torcida, em frente ao estádio.

“É sempre difícil a chegada lá no Barradão. O caminho é muito estreito, não tem o que fazer, vai ter que passar no meio da torcida deles. Então, acho que independente de vários policiais que lá estarão, não tem como controlar. Até porque você não sabe de onde tá vindo pedra, garrafa, outras coisas… Mas a gente tem que estar preparado para tudo, de fora ou de dentro. No último jogo que a gente teve lá, tivemos um grande resultado, que foi o título do Campeonato Baiano. Então, a gente espera chegar lá mais uma vez e poder sair de lá com um grande resultado”, disse.

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar Mais Por Pedro Silveira Leite
Carregar mais em Esporte Clube Bahia
Comentários fechado.

Vejam também

Carpegiani é demitido do Vitória

O técnico Paulo Cézar Carpegiani rescindiu com o Vitória nesta terça-feira (6). O Vitória …