Home Destaque do Dia Em meio a processo, ex-sócio de Solange Almeida revela “gastos descontrolados” da cantora

Em meio a processo, ex-sócio de Solange Almeida revela “gastos descontrolados” da cantora

4 min read
Comentários desativados em Em meio a processo, ex-sócio de Solange Almeida revela “gastos descontrolados” da cantora
0
146

Em meio às agendas lotadas de Solange Almeida e a banda Aviões do Forró, um novo capítulo do processo entre as partes ganhou os noticiários nesta quarta-feira (17). Uma reportagem do jornal O Povo, de Fortaleza, revelou uma rotina de gastos “descontrolados” dos integrantes da banda, tendo como base, segundo a publicação, informações da Receita Federal e da Polícia Federal.

Para se opor ao pedido de Solange Almeida – uma indenização de R$ 5 milhões e pagamento mensal de R$ 100 mil, enquanto não for definida a partilha dos bens – Isaías Duarte e os sócios remanescentes acabaram dando pistas ao Fisco, por exemplo, de receitas mensais e retiradas semanais de “vales” dos sócios da banda.

Além disso, vale lembrar que a banda contesta a afirmação da ex-sócia de que receberia desproporcional as suas cotas de 25%. Os ex-sócios ainda cobram mais de R$ 17 milhões a cantora, que está no documento de contestação feito pelo administrador da empresa Aviões do Forró Gravações e Edições Musicais Ltda no processo que corre da 3ª Vara Cível de Fortaleza.

De acordo com o jornal, em um dos documentos ao processo por Isaías Duarte, e que expõe retiradas, mostra que julho de 2015, Solange Almeida deveria receber um “total bruto” de R$ 197.292,56. No entanto, ela acabou devedora e com um saldo negativo de R$ -30,14. A conta no vermelho tinha dois motivos. A quantidade de “vales” solicitados pela cantora e quatro transferências bancárias que somaram: R$ 197.322,70.

Pelas prestações de contas apresentadas e amparados por uma cláusula de um contrato social, os integrantes da banda recebiam um pro labore mensal de acordo com as cotas de cada um e tinham direito a retiradas semanais. “Vales” que seriam descontados ao final de cada mês.

O empresário alega que os sócios retiravam em média R$ 20 mil por semana. Em abril de 2014, Solange Almeida tinha direito a receber R$ 131.550,40. Porém a soma de vales e outro pagamento atingiram o valor de R$ 132.012,91, deixando-a com uma dívida de R$ 462,51.

Já outro documento anexado na ação judicial, que não está datado, a ex-vocalista da banda aparece devedora de R$ 76.789,76. Solange deveria receber por shows e outros receitas R$ 97.514,45. Mais uma vez outras antecipações semanais, que somaram R$ 174.304,21, foram bem maiores que sua cota na sociedade.

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar Mais Por Pedro Silveira Leite
Carregar mais em Destaque do Dia
Comentários fechado.

Vejam também

Passageira é morta em ataque a ônibus que ia para show de Unha Pintada

Um ônibus que saiu de São Sebastião do Passé, na Região Metropolitana de Salvador, e levav…