Home Notícias Hospital Santa Izabel utiliza robô em cirurgias de alta precisão

Hospital Santa Izabel utiliza robô em cirurgias de alta precisão

4 min read
Comentários desativados em Hospital Santa Izabel utiliza robô em cirurgias de alta precisão
0
39

Hospital Santa Izabel conta com mais novo equipamento para a realização de cirurgias de alta performance e precisão: o robô Da Vinci, que vai contribuir com o médico na realização de procedimentos menos invasivos e que exigem maior precisão.

Da Vinci possui quatro braços e punhos flexíveis, sendo um dos braços para carregar a câmera e, os outros ficam livres para portar instrumentos cirúrgicos como pinças, tesouras e bisturi. A cirurgia é guiada pelas imagens da câmera introduzida no paciente e exibidas em 3D em uma cabine de controle, de onde o médico comanda todo o processo. À medida em que o cirurgião move as mãos e os dedos, o robô reproduz seus movimentos no corpo do paciente.

As quatro primeiras cirurgias com o robô foram realizadas entre os dias 23 e 24 de março pelo chefe do Departamento de Cirurgia e Coordenador do Grupo de Tumores Urológicos, Dr. Eduardo Café, médico responsável pelo tratamento de mais de dois mil pacientes com câncer de próstata no HSI.

As próximas cirurgias acontecerão neste sábado (30), às 7h e 16h, no Hospital Santa Izabel.

Entre os benefícios proporcionados pela utilização do robô, estão maior conforto para o cirurgião, maior nitidez e percepção de profundidade, evitando a necessidade de abrir o abdômen ou tórax do paciente, menos riscos quando comparados a procedimentos mais complexos, cortes menores e tempo de recuperação mais rápido. Além da otimização de tempo: por exemplo, laparoscopias convencionais duram entre 2 e 3 horas; com o robô, pode ser realizada em até uma hora.

Além disso, as intercorrências técnicas são evitadas através do sistema de segurança avançado. Ele não realiza nenhuma ação se o médico não estiver com a cabeça fixa no visor. A máquina também não toma qualquer atitude sozinha, pois reage apenas aos comandos do cirurgião.

Estima-se que mais de quatro milhões de procedimentos já foram realizados com o uso de robôs Da Vinci. Apenas nos Estados Unidos, mais de 90% de todas as prostatectomias radicais e até 40% das histerectomias são feitas por robótica.

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar Mais Por Pedro Silveira Leite
Carregar mais em Notícias
Comentários fechado.

Vejam também

Ex-atriz da Globo posa nua ao relembrar ensaio sensual e alfineta Instagram: “essa não tem porque ser excluída”

Laura Keller decidiu iniciar a semana de forma, no mínimo, provocante, pelo menos para os …