Home Brasil “Nos encontramos em 22”, diz Bolsonaro ao ser chamado de genocida e fascista no Congresso

“Nos encontramos em 22”, diz Bolsonaro ao ser chamado de genocida e fascista no Congresso

1 min read
Comentários desativados em “Nos encontramos em 22”, diz Bolsonaro ao ser chamado de genocida e fascista no Congresso
0
31
-->

Nesta quarta-feira (3), o presidente Jair Bolsonaro foi vaiado e chamado de genocida por parlamentares durante a abertura dos trabalhos legislativos no Congresso Nacional.

Após o Hino Nacional e antes do discurso do Executivo, os integrantes da casa gritaram pelo seu afastamento e contra a postura do Executivo sobre a pandemia do coronavírus. Em resposta, ele desafiou os colegas: “nos encontramos em 2022”.

O novo presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, pediu respeito no plenário. “Vamos dar uma oportunidade à pacificação deste país, uma delas é que respeitando a manifestação de pensamento possamos respeitar as instituições deste país. Vamos dar mais uma oportunidade para que possamos iniciar uma nova fase de consenso, de respeito à divergência”, disse.

Esta é a primeira vez que Bolsonaro vai ao Congresso desde o primeiro ano do mandato. Ele aproveitou a oportunidade para alfinetar os governos petistas comparando seu mandato com os anteriores. “Entregamos mais títulos de propriedades rural nesses 2 primeiros anos do que nos 14 anos do governo anterior”, disse.

 

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar Mais Por Redação
Carregar mais em Brasil
Comentários fechado.

Vejam também

Homem vai à delegacia registrar boletim de ocorrência e acaba preso por estupro

Um homem, de 31 anos, foi preso com mandado de prisão em aberto por estupro de vulnerável …