Home Notícias Ônibus da CSN voltam a circular e sistema de transporte de Salvador opera normalmente

Ônibus da CSN voltam a circular e sistema de transporte de Salvador opera normalmente

4 min read
Comentários desativados em Ônibus da CSN voltam a circular e sistema de transporte de Salvador opera normalmente
0
16

Voltaram a circular normalmente em Salvador, na manhã desta terça-feira (10), os ônibus do transporte público que pertencem à Concessionária Salvador Norte (CSN). Os coletivos da empresa foram os únicos a não ir para as ruas, na última segunda (19), mesmo após a paralização de 4h dos rodoviários ser encerrada.

O ato de segunda-feira foi realizado para protestar e reivindicar o pagamento das verbas rescisórias dos rodoviários que pertenciam à CSN. Além disso, eles querem também ser incluídos na lista de prioridades da vacinação contra a Covid-19.

Com a saída normal dos coletivos da CSN, nesta terça, o sistema de transporte de Salvador opera completo.

Os ônibus da empresa alimentam principalmente as localidades da linha 2 do metrô, nas regiões de Mussurunga, Av. Paralela e orla da cidade. A CSN possui duas garagens e, só da em Brotas, saem 150 ônibus, que circulam por 30 linhas,

Na tarde desta terça-feira, uma audiência de mediação entre a CSN e rodoviários será realizada na sede do Tribunal regional do Trabalho (TRT), Os rodoviários esperam um acordo com os empresários.

“Acreditamos que hoje à tarde possa surgir um bom efeito entre os empresários e prefeitura. É preciso sair desse entrave. É preciso bom senso pra assinar esse TAC hoje, para a gente sair desse imbróglio”, diz Daniel Mota, representante do Sindicato dos Rodoviários.

Impasse

 

O problema teve início no dia 27 de março, quando a CSN teve o contrato rescindido pela prefeitura de Salvador, após um relatório de uma auditoria apontar diversas irregularidades na gestão do contrato por parte da empresa. Segundo o prefeito Bruno Reis, o total da dívida acumulada da CSN é de R$ 516 milhões.

Com isso, a prefeitura anunciou que montaria uma operação emergencial de transporte buscando garantir o atendimento dos usuários do transporte público na bacia operada pela concessionária.

Em junho de 2020, a prefeitura de Salvador decretou a intervenção da CSN, após ser informada pelo Sindicato dos Rodoviários de que a concessionária vinha descumprindo acordo coletivo assinado com a categoria, além de atrasar constantemente o adiantamento salarial e o tíquete alimentação. O decreto foi para manter o serviço e garantir os empregos dos 4,5 mil funcionários que atuam no sistema.

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar Mais Por Redação
Carregar mais em Notícias
Comentários fechado.

Vejam também

Criminosos explodem agência bancária em São Gonçalo dos Campos

Bandidos fortemente armados explodriram uma agência da Caixa Econômica Federal, localizada…