Home Notícias Operação do MP afasta dirigentes do Hospital de Base de Itabuna

Operação do MP afasta dirigentes do Hospital de Base de Itabuna

2 min read
0
0
0

Ministério Público da Bahia (MP-BA) deflagrou na sexta-feira (22), em Itabuna, no sul do estado, a “Operação na Veia”. A ação cumpriu três mandados de busca e apreensão e a decisão judicial de afastamento de três dirigentes e um advogado do Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães. A medida ocorreu após provocação dos promotores Susila Ribeiro, Inocêncio Carvalho, Fabrício Guida e Frank Ferrari, que apuram irregularidades na prestação de serviços médicos na unidade.

Os pedidos de busca e apreensão e de afastamento foram solicitados pela 3ª Promotoria de Justiça de Itabuna em ação cautelar em desfavor de Eudes Silva Pinto, Karla Rocha de Macedo Meneses, Silvio Marcos Ramos Costa e Renata Del Rey, visando o afastamento dos cargos e a suspensão de contrato dos investigados.

O juiz Murilo Luiz Staut Barreto deferiu os pedidos do MP e determinou o afastamento dos cargos enquanto durarem as investigações e proibiu os investigados de frequentar o Hospital de Base e a Maternidade Ester Gomes. O magistrado determinou ainda a suspensão dos contratos celebrados entre os hospitais e a empresa jurídica TJ Alves dos Santos Serviços Médicos.

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar Mais Por Pedro Silveira Leite
Carregar mais em Notícias
Comentários fechado.

Vejam também

Em São Paulo, Bahia finaliza preparação para encarar o Fortaleza

Depois de ser eliminado da Copa Sul-Americana para o Liverpool-URU, o elenco do Bahia reto…