Home Destaque do Dia Praticamente uma revelação de amor. Presidente Temer teme perder Marcela caso seja preso qualquer dia desses.

Praticamente uma revelação de amor. Presidente Temer teme perder Marcela caso seja preso qualquer dia desses.

3 min read
Comentários desativados em Praticamente uma revelação de amor. Presidente Temer teme perder Marcela caso seja preso qualquer dia desses.
0
13

A presidente da República Michel Temer revelou qual seu maior medo caso seja preso. A informação é do colunista Ricardo Noblat, da revista Veja. Conforme a publicação, o presidente conversou com um amigo sobre as dificuldades com a Justiça que poderá enfrentar depois que deixar o cargo e, assim, perder o foro privilegiado.

“Sou inocente. Não tenho medo de ser preso e não serei”, teria afirmado Temer, segundo o relato, para logo em seguida acrescentar: “Mas se eu for preso, meu medo é perder Marcela”, teria dito o presidente.

Temer é investigado em seis inquéritos. Um por suposto favorecimento à empresa Rodrimar, que atua no Porto de Santos, por meio da edição do Decreto dos Portos. Outra investigação da Polícia Federal apontou que Temer e outros onze integrantes do PMDB formavam uma organização criminosa com o objetivo de beneficiar empresários por meio da utilização de diversos órgãos públicos, como Petrobras, Furnas, Caixa Econômica, Ministério da Integração Nacional.

Em agosto do ano passado, a Câmara dos Deputados arquivou a primeira denúncia contra o presidente Temer por suspeita de corrupção passiva, no famoso caso da mala de dinheiro entregue ao ex-assessor presidencial Rodrigo Rocha Loures.

Dois meses depois, em outubro, outra denúncia contra o presidente por organização criminosa e obstrução de Justiça foi arquivada pelos deputados. Também baseada na delação dos empresários do grupo J&F, a acusação era de que Temer e os ministros Eliseu Padilha e Moreira Franco receberam R$ 587 milhões em propina, em troca de contratos com estatais e ministérios.
O ministro do STF Edson Fachin autorizou que Temer fosse incluído em um inquérito que investiga repasses ilícitos da Odebrecht para o PMDB (atual MDB).

Com informações da Gazeta do Povo e Yahoo 

 

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar Mais Por Redação
Carregar mais em Destaque do Dia
Comentários fechado.

Vejam também

Corpos são encontrados na linha do trem em Plataforma

Dois jovens foram encontrados mortos debaixo da ponte da linha do trem, no Subúrbio Ferrov…