Home Destaque do Dia Rui explica mudanças na administração e pede que oposição lhe deixe trabalhar

Rui explica mudanças na administração e pede que oposição lhe deixe trabalhar

2 min read
0
0
0

O governador Rui Costa (PT) anunciou em coletiva de imprensa na tarde desta segunda-feira (03) os tão comentados cortes na máquina pública e reforma administrativa. Serão extintos o Centro Industrial de Subaé (CIS) e a Superintendência de Desenvolvimento Industrial e Comercial (Sudic), além da Bahia Pesca, que irá para a iniciativa privada. Além disso, o governador cortará cargos comissionados e reduzirá o numero de diretorias de cargos de presidente de empresas, a exemplo da Prodeb.

Rui negou que tenha omitido a crise financeira do Estado nas eleições. “Minhas entrevistas estão todas gravadas. Em todas eu afirmei a gravidade do déficit previdenciário. Não só o fiz durante a campanha, mas na primeira reunião que Temer fez com os governadores eu falei que era a questão mais emergencial do país. Todo mundo quer o Brasil melhor, desde que seus privilégios não sejam mexidos”, disse.

Ele ainda comentou sobre as críticas que vem recebendo dos opositores: “O povo aprovou meu trabalho porque não fico entrando no disse-me-disse da politicagem. Eu só peço para os opositores que quem não pode ajudar, não atrapalhe. Me deixe trabalhar”.

Sobre mudanças na alíquota de contribuição do servidor estadual para a Previdência, o governo anunciou que ela passa de 12% para 14%. Rui explicou que só o servidor que ganha acima de R$ 5.600 pagará a mais a partir do ano que vem. “E ainda assim somente sobre o excedente desse valor”, falou. “10 estados brasileiros já elevaram a alíquota previdenciária”, completou.

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar Mais Por Pedro Silveira Leite
Carregar mais em Destaque do Dia
Comentários fechado.

Vejam também

Último corpo desaparecido após naufrágio no Rio São Francisco é localizado

O corpo de Bartolomeu Mariano Bento, de 42 anos, última pessoa que estava desaparecida des…